Dicas para o Verão

O Verão é, sem dúvidas, a estação mais aguardada do ano pela grande maioria da população. Praias, piscinas e viagens animam os brasileiros. Porém, segundo o Dr. Aier Adriano Costa, coordenador da equipe médica Docway, devido ao aumento das temperaturas, radiação solar e desidratação, alguns cuidados com a saúde devem ser redobrados. Para facilitar essa tarefa, o médico separou algumas dicas especiais para que o Verão seja tranquilo para todos.

Beba muita água: Segundo o médico, nesta época do ano, nosso organismo tende a perder mais líquidos e sais minerais, já que transpiramos em maior quantidade para manter a temperatura do corpo controlada, o que pode causar desidratação. “Consuma, pelo menos, 2 litros de água e evite o excesso de bebidas alcoólicas ou refrescos muitos doces, já que eles podem acelerar o processo de desidratação”, explica;

Alimentação rica em frutas, verduras e legumes: Opte por uma alimentação mais leve (menos energética) e por alimentos ricos em vitaminas e sais minerais, que fornecem reforço necessário para o nosso organismo, evitando diversas doenças;

Evite o sol das 10h00 às 15h00: Esse é o período de maior radiação solar. Por isso, é bom evitar ficar exposto ao sol durante esse horário, já que os riscos de queimaduras e câncer de pele aumentam;

Use protetor solar: Utilize o protetor 20 minutos antes de sair de casa. Além disso, ele deve ser reforçado a cada duas horas, principalmente se você estiver em praias ou piscinas;

Abuse dos acessórios: Chapéus, bonés e óculos são muito bem-vindos. Sapatos abertos e roupas leves também são aliadas, de preferência as roupas claras, que ajudam a evitar a radiação solar, e, consequentemente, doenças.

Para finalizar, o Dr. Aier Adriano Costa lembra que os cuidados com idosos, crianças e pessoas com problemas cardíacos e pressão alta devem ser ainda maiores, já que eles estão mais suscetíveis aos problemas causados pelas altas temperaturas. “Aproveite o Verão para se divertir, melhorar seus hábitos e praticar atividades físicas. Mas não esqueça da saúde, principalmente se fizer parte de grupos de risco, que exigem cuidados ainda maiores”, completa.